SAÚDE

Números sobre testes contra covid e contaminação de crianças serão questionados

Colegiado aborda Fhemig sobre suspensão de atendimento no Hospital Julia Kubitschek e transferência de sede do Eduardo de Menezes

quarta-feira, 9 Fevereiro, 2022 - 17:30
Pessoa vestida com jaleco branco e na palma das mãos, posicionadas à frente do corpo, uma pequena maleta vermelha com uma cruz branca -símbolo do SUS
Foto: Karoline Barreto /CMBH

A disponibilidade de testes contra a covid-19, a evolução da contaminação e dados sobre internação de crianças e incidência da doença serão questionados pela Comissão de Saúde e Saneamento ao Executivo Municipal. Os pedidos de informação foram aprovados em reunião nesta quarta-feira (9/2), quando a comissão também decidiu cobrar esclarecimentos do governador Romeu Zema (Novo) e da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) sobre a suspensão dos atendimentos de urgência e emergência do Hospital Júlia Kubitschek e a transferência da sede do Hospital Eduardo de Menezes, ambos no Barreiro. Os parlamentares ainda aprovaram questionamentos à Prefeitura sobre funcionamento de centros de saúde e marcaram visitas técnicas a unidades. 

Testes e números da covid- 19

Requerimento de Claudio do Mundo Novo (PSD) questiona o prefeito Alexandre Kalil (PSD) sobre quais medidas estão sendo ou serão adotadas pela Prefeitura para ampliar a disponibilização de testes para pessoas com sintomas gripais ou que tiveram contato com quem testou positivo para a covid-19. Segundo Claudio, “expansão da testagem é uma medida fundamental e necessária para auxiliar no rastreamento de casos e diagnóstico mais precoce, evitando uma maior transmissão do vírus.” 

Dirigido ao prefeito e ao secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, o pedido de Fernanda Altoé (Novo) requer informações sobre a evolução de contaminação e internação de crianças, na faixa etária de 1 a 17 anos, mês a mês, no período compreendido entre 2020 a 2022, separadas por faixa etária.  A vereadora também solicita que os gestores expliquem as razões para alteração nos dados públicos que mostram a incidência da covid. Segundo o requerimento, ainda que haja uma indicação para modificações nas tabelas, as alterações foram realizadas “não apenas nos dias anteriores e mais próximos à divulgação do boletim”, mas “em todos os 17 dias anteriores analisados.”  

Hospitais Júlia Kubitschek e Eduardo de Menezes 

A informação de que o pronto atendimento do Hospital Júlia Kubitschek está suspenso motivou o questionamento de Wanderley Porto (Patri). Além de perguntar sobre a veracidade da informação, os vereadores querem saber, do presidente da Fhemig e do governador Romeu Zema, as razões que justificam essa medida e se há previsão para a retomada do serviço. A Fhemig e o governo do Estado também deverão prestar contas sobre a transferência da sede do Hospital Eduardo de Menezes. Em seu requerimento, Wanderley afirma que a informação foi veiculada na imprensa e pergunta se há previsão para esta mudança; se a capacidade de atendimento na nova sede será ampliada e como será reutilizado o imóvel. 

Funcionamento de centros de saúde

A pedido dos moradores da Vila Joana Darc e Átila de Paiva, que ficaram insatisfeitos com a transferência dos atendimentos médicos do Centro de Saúde Tirol para o novo Centro de Saúde Carlos Renato, localizado na Rua José Gonçalves, 375, no Barreiro, Wanderley Porto (Patri) solicitou esclarecimentos para o prefeito e o secretário de Saúde. O requerimento questiona o motivo da mudança; se foi considerado o maior deslocamento da população idosa e com dificuldades de locomoção; e ainda, se houve diálogo com a comunidade para tratar sobre esta mudança.

José Ferreira (PP) pergunta aos gerentes de três unidades básicas de saúde sobre a escala de profissionais (médicos, enfermeiros e equipe de enfermagem) à noite, aos finais de semana e feriados: Centro de Saúde Califórnia (Avenida das Castanholas, 277,  Califórnia); casa de apoio para vacinação do Centro de Saúde Califórnia (Rua dos Violões, 570); e Centro de Saúde Bom Jesus (Rua Bernardo Cisneiros, 659, Bairro Bom Jesus). Segundo o vereador, as informações vão possibilitar maior compreensão de impactos e aprimoramento da fiscalização do serviço de saúde prestado em na cidade.

Com o objetivo de  avaliar a qualidade do atendimento das instalações para os usuários, bem como a materialidade das unidades e as condições de trabalho dos servidores, a Comissão de Saúde e Saneamento aprovou, a pedido de Wilsinho da Tabu (PP), a realização de visita técnica no dia 28 de fevereiro, às 14h, à Unidade de Referência Saudade (Rua Vinte e Oito de Setembro, 372, Bairro Esplanada). Serão convidados o secretário Jackson Machado; a conselheira municipal de Saúde Carla Anunciatta de Carvalho; o coordenador de Atendimento Regional Leste, José Henrique; e o diretor regional de Saúde Leste, Ewerton Lamounier Júnior.

Visita técnica para avaliar a qualidade de atendimento e da infraestrutura no Centro de Saúde Mantiqueira, solicitada por Wilsinho, também recebeu aval da comissão. A vistoria será no próximo dia 22, às 10h, e o ponto de encontro será na sede da unidade: Rua César Salles Barbosa, 600, Bairro Mantiqueira. Serão convidados, além do secretário Jackson Machado, o coordenador de Atendimento Regional Venda Nova, Humberto Pereira; e a diretora regional de Saúde Venda Nova, Marina Oliveira Rocha Braz. 

A preocupação com o risco geológico no Centro de Saúde São Jorge (Rua Oscar Trompowsky, 1.698, Bairro Nova Granada) levou o colegiado a aprovar outro pedido de Wilsinho. De acordo com o vereador, as chuvas de dezembro/janeiro deixaram evidentes trincas, deslocamento de terra e rachaduras nesta unidade, que teria sido construída em uma região de aterro. Além do secretário de Saúde, serão convidados para acompanhar a visita técnica, marcada para o dia 7 de março, às 9h, o coordenador de Atendimento Regional Oeste, Sylvio Malta; a diretora Regional de Saúde Oeste,  Regina da Cunha Rocha; e o líder comunitário Carlos Antônio de Jesus. 

Acompanhe a reunião na íntegra. 

Superintendência de Comunicação Institucional 

2ª Reunião Ordinária: Comissão de Saúde e Saneamento