REUNIÃO COM CONVIDADOS

Relatório da primeira etapa do GT de Educação será apresentado na quinta

Grupo de trabalho busca avaliar atuação das escolas municipais na implementação de protocolos para volta às aulas presenciais

terça-feira, 8 Junho, 2021 - 20:15
Criança ao fundo desenha
Foto: Pixabay

Na próxima quarta-feira (10/6), a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo fará uma reunião com convidados, no Plenário Helvécio Arantes, às 13h, para apresentar relatório com os resultados e proposições da primeira etapa do estudo realizado pelo Grupo de Trabalho de Educação. Criado em fevereiro deste ano, o GT visa analisar, fiscalizar e avaliar a atuação da rede municipal de educação de Belo Horizonte em relação à implementação do protocolo de funcionamento das escolas do Município para o retorno às aulas presenciais. Desde o dia 26 de abril, a Prefeitura autorizou o retorno das aulas presenciais no ensino infantil. O pedido da reunião é da vereadora Macaé Evaristo (PT), que também assinou a criação do grupo, do qual é relatora.

Além dos membros do GT, participarão da reunião a representante da Associação de Mães (Ampare), Neuza Soares; o professor e membro do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 Unaí Tupinambás; a trabalhadora da saúde Sorangela Maria de Souza; Ana Saraiva, representante do trabalho docente; e representantes do Sindicato dos trabalhadores em Educação da rede Pública municipal de Belo Horizonte (Sind-REDE/BH).

Durante a reunião serão apresentados os resultados da primeira parte do estudo sobre as escolas municipais. O relatório dessa etapa contém os resultados de questionários aplicados nessas escolas para verificar se elas estavam em condições de atender os protocolos estabelecidos.

Prevenção à covid nas escolas

Na justificativa sobre a criação do GT, a parlamentar explicou que o Município recebeu, em 2020, aproximadamente R$300 milhões da União para gastos com a prevenção à covid-19, mas não estaria transparente a forma de aplicação desses recursos, assim como dos recursos próprios para melhoria e adequação das escolas para o recomeço das aulas em 2021. O GT é responsável por analisar a concretização das ações e programas previstos nos orçamentos anuais de 2020 e 2021.

“Os vereadores, as mães, pais e alunos de Belo Horizonte desejam compreender melhor a situação da rede municipal de educação e as providências que têm sido tomadas tanto para a retomada das aulas quanto para viabilizar o acesso às aulas remotas”, finalizou.

Superintendência de Comunicação Institucional