VISITA TÉCNICA

Condições de vida na Ocupação Liberdade serão vistoriadas nesta terça

Estabelecidas em área abandonada há 10 anos, cerca de 200 famílias ainda lutam para ter acesso a água e esgoto

segunda-feira, 21 Fevereiro, 2022 - 14:45
Foto: Bernardo Dias/CMBH

Moradores da Ocupação Liberdade, no Bairro Bonsucesso, na Região do Barreiro, reclamam que não têm acesso à água, esgoto sanitário, coleta de lixo, pavimentação de vias, transporte público e endereço com CEP. Cerca de 200 famílias habitam o local há dez anos. Na próxima terça-feira (22/2), às 14h, a Comissão de Direitos Humanos, Igualdade Racial e Defesa do Consumidor vai verificar as condições de vida da comunidade, a pedido de Bella Gonçalves (Psol). O colegiado já esteve na ocupação em 2019 para cobrar do poder público o acesso dos moradores a direitos básicos. 

Bella afirma que é necessário “avançar em medidas que concretamente melhorem as condições de vida da comunidade. Além da segurança da posse, a moradia adequada compreende disponibilidade de serviços, materiais, instalações e infraestrutura; economicidade; habitabilidade; acessibilidade; localização; e adequação cultural”, defende. 

O ponto de encontro será nas imediações da Rua Boa Esperança, 328, Bairro Bonsucesso. Serão convidados para acompanhar a visita o diretor-presidente da Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel), Claudius Vinícius Leite Pereira, os secretários  municipais de Obras e Infraestrutura e de Política Urbana, Josué Valadão e Maria Fernandes Caldas, e o superintendente de Limpeza Urbana (SLU), Cel Bicalho. Também serão convidados o diretor-presidente da Copasa, Carlos Eduardo Tavares; e representantes da BHTrans e da comunidade.  

Superintendência de Comunicação Institucional