VISITA TÉCNICA

Parque das Mangabeiras será vistoriado após denúncia de abandono

Local receberá comissão nesta quinta-feira (28/4). Objetivo é conferir a situação da estrutura física e do atendimento

terça-feira, 26 Abril, 2022 - 09:30
Foto: Vander Brás/PBH

Lugar de lazer, descanso e prática de esportes, o Parque das Mangabeiras, vai receber, nesta quinta-feira (28/4), às 9h, a Comissão de Meio Ambiente, Defesa dos Animais e Política Urbana. O motivo: denúncias de abandono e más condições para utilização do espaço. O pedido para a realização da vistoria é do vereador Rubão (PP), que recebeu as denúncias e pretende verificar a situação da estrutura física e o funcionamento do parque. Localizado ao pé da Serra do Curral e reconhecido como patrimônio cultural de Belo Horizonte, o Parque das Mangabeiras foi projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx e conserva em sua área de 2,4 milhões de m², 59 nascentes do Córrego da Serra, que integram a Bacia do Rio São Francisco. No dia 18 deste mês, a comissão, também a pedido de Rubão, vistoriou o Parque Municipal Américo Renné Giannetti, localizado na Região Central da capital.

Uma história de contato com a natureza

Inaugurado no dia 13 de maio de 1982 e atualmente administrado pela Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, o Parque das Mangabeiras integra a história de Belo Horizonte e abriga em sua área parte da Serra do Curral. Segundo a PBH, além de ser tombada como patrimônio do município desde 1991, a Serra do Curral é um dos marcos mais representativos da cidade, com expressivo significado simbólico. No Parque das Mangabeiras, o contato com a vegetação - espécimes do Cerrado e da Mata Atlântica - é um dos principais atrativos. O Cerrado ocupa as áreas de maior altitude do parque, onde os solos são mais rasos e com baixa disponibilidade de nutrientes. A Mata Atlântica está presente nos fundos de vale e encostas adjacentes, onde os solos são mais profundos e ricos em nutrientes.

As visitas ao Parque Municipal das Mangabeiras estão organizadas em três roteiros: Roteiro da Mata, Roteiro do Sol e Roteiro das Águas.  Todos eles têm como ponto de partida a Praça das Águas. Atualmente, o Roteiro do Sol está em funcionamento. Nos demais, algumas áreas estão sendo revitalizadas e, por isso, o acesso público não é permitido. O parque possui ainda como atrativos playground, parque esportivo, pista de esportes radicais, além do Mirante da Mata, onde é possível apreciar grande porção da vegetação do parque e ainda visualizar parte da cidade de Belo Horizonte.

Visitas liberadas

De acordo com o site da PBH, desde o dia 18 de outubro do ano passado, as visitas ao Parque das Mangabeiras estão liberadas de forma livre, sem agendamento. No entanto, a Prefeitura pede que sejam cumpridas algumas regras tais como distância mínima de um metro entre os visitantes, não tocar ou alimentar animais silvestres, utilizar bebedouros apenas para encher garrafas e copos individuais, higienizar sempre as mãos, entre outras. É obrigatória, segundo a Prefeitura, a imunização contra febre amarela com aplicação de vacina pelo menos dez dias antes da visita. Caso o visitante não apresente o cartão de vacina, deverá preencher uma declaração, disponibilizada no local, atestando que já foi imunizado. O Parque das Mangabeiras funciona de terça a domingo, de 8h às 17h, com entrada permitida até às 16h. Temporariamente a entrada para o Parque está sendo feita em apenas uma portaria, localizada na Avenida José do Patrocínio Pontes, 580, Mangabeiras.

Superintendência de Comunicação Institucional