TRANSPORTE

Comissão quer retorno da oferta de ônibus em horários regulares pré-pandemia

Vereadores alertam para demanda crescente, diante da reabertura de escolas e comércio; trânsito no Tirol também esteve em pauta

quinta-feira, 2 Setembro, 2021 - 17:30
tela exibe parlamentares e convidados em reunião por videoconferencia. ao fundo, plenário vazio
Foto: Karoline Barreto/CMBH

Diante da flexibilização para funcionamento presencial nas escolas e no comércio em geral, vereadores têm apontado a necessidade de reestabelecer o horário regular do transporte público. O tema esteve em pauta na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário, na tarde desta quinta-feira (2/9), quando foi aprovado o envio de um pedido de informação ao prefeito Alexandre Kalil (PSD) questionando esta possibilidade. O colegiado também acatou pedidos de visita técnica, para avaliar a  implantação de mão única na Rua Júlio Castilho, no Bairro Cinquentenário, e de duas audiências públicas: uma para debater a melhoria no trânsito e na acessibilidade do Bairro Tirol, outra para discutir políticas públicas de atendimento às pessoas em situação de rua em BH. Acesse o resultado completo da reunião, que também realizou audiência pública sobre os fundos de financiamento para a mobilidade urbana.

Horário de ônibus e alteração na circulação de trânsito

A omissão aprovou pedido de informação para o prefeito Alexandre Kalil (PSD) questionando a possibilidade de retorno do quadro de horários regular de circulação de ônibus, tendo em vista o aumento no fluxo de pessoasna cidade, diante da flexibilização do funcionamento das escolas, comércio e outros estabelecimentos. O requerimento, assinado por Bruno Miranda (PDT), destaca que “são constantes os relatos por parte dos usuários do transporte público da capital em relação ao horário reduzido de circulação das linhas, evidenciando a defasagem desse serviço tão essencial”.

A pedido de Irlan Melo (PSD), a Comissão acatou a solicitação para visita técnica à Rua Júlio Castilho, no Bairro Cinquentenário, no dia 17 de setembro, às 10h, para avaliar a possibilidade de transformar em mão única o trecho entre a Avenida Úrsula Paulino e Rua Amendoeiras/Rua Adutora. O ponto de encontro será na Rua Júlio de Castilho, 133, Betânia.

Serão convidados para acompanhar os trabalhos o presidente da BHTrans, Diogo Prosdocimi; o coordenador de Atendimento Regional Oeste, Sylvio Malta; e o diretor da Escola Municipal Francisca de Paula, Lindomar da Silva. Também serão convidados representantes do Condomínio Vila Verde Betânia, como o síndico e o subsíndico Eudes Batista e Marcos Reis; a profissional da administração Jusilaine dos Santos; os moradores Helbert Miranda e Graziela Coelho; além da gestora comercial Viviane Ribeiro e de Ana Jardim, proprietária da imobiliária Oeste Imóveis.

Acessibilidade e melhoria no trânsito

A instalação de uma passagem sobre os trilhos da linha férrea ligando o Conjunto Túnel do Ibirité ao Lindéia pode melhorar o fluxo do trânsito na região. O tema será debatido, a pedido de Irlan Melo, em audiência pública, em data a ser definida posteriormente. Na oportunidade, o colegiado vai debater propostas de melhorias no trânsito e na acessibilidade nos Bairros Tirol, Conjunto Túnel do Ibirité, Itaipu, Regina e Lindéia.

De acordo com o requerimento, a Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) já autorizou a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura a construir uma passarela para travessia da via férrea. Segundo Irlan, moradores reclamam da falta de acessibilidade. “Com a volta às aulas, os alunos, pais e funcionários que residem na região, além de encontrarem dificuldades na travessia da linha férrea, precisam percorrer aproximadamente dois quilômetros para chegar na Escola Municipal Antônio Salles Barbosa”, afirma.

Serão convidados para o debate o consultor ferroviário e representante da MRS Logística, Sérgio Henrique Carrato; o presidente da BHTrans, Diogo Prosdocimi; o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Josué Valadão; o coordenador de Atendimento da Regional Barreiro, Walmir Anselmo Mattos; os presidentes das Associação de Bairro Tirol Ativo, Edson Amorim; da Associação Comunitária Conjunto Túnel de Ibirité, Glauber Barcelos Gomes; e da Associação Crescer Social, Webson Robson da Silva (Ebim); e ainda, a diretora da Escola Municipal Antônio Salles Barbosa, Giovana de Lima Linhares Melo.

Atendimento a pessoas em situação de rua

O Grupo de Trabalho (GT) BH sem Morador de Rua, criado no âmbito da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário, tem como objetivo contribuir para a construção de políticas públicas capazes de inserir a população em situação de rua no mercado de trabalho. Diante disso, a Comissão aprovou o pedido de Braulio Lara (Novo) para realização de audiência pública que vai receber pessoas atuantes em diferentes áreas ligadas à população que vive nas ruas. O evento será realizado no dia 23 de setembro, às 13h30, no Plenário Camil Caram.

Assista ao vídeo da reunião na íntegra.

Superintendência de Comunicação Institucional 

Audiência pública para debater sobre os fundos públicos relativos às políticas de mobilidade urbana e sua repercussão para a execução da política- 25ª Reunião Ordinária: Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário